28/11/12

Escrita manual de Antoine Saint-Exupéry



“O Principezinho” é o livro de língua francesa mais vendido no mundo. Escrito por Antoine de Saint-Exupéry, foi publicado em 1943 e, posteriormente, traduzido para centenas de idiomas. Trata-se de um clássico especial que pode ser lido por crianças e por adultos.

Distancia-se de outras obras literárias, devido à inclusão de diversos níveis semânticos. As personagens simples, que vão surgindo ao longo da história, estão cheias de simbolismo.

Na semana passada, foram leiloadas duas páginas manuscritas do rascunho de “O Principezinho”. Este material inédito, quase ilegível, foi adquirido por 385.000 euros. O conteúdo de uma destas folhas desperta um grande interesse, porque difere, ligeiramente, do da versão publicada.
Rescunho de O Principezinho, por Saint-Exupéry

Que conclusões se poderão retirar deste manuscrito, a nível grafológico,  de letra pequena, escrita ritmada, arredondada, inclinada para a direita e com ligeira ondulação ascendente ?
O autor dum grafismo com estas caraterísticas, certamente, teria tendência para se voltar mais para o futuro do que para o passado. Possuiria um forte espírito crítico, meticulosidade e, ao mesmo tempo, uma grande modéstia. Nele não faltariam uma boa imaginação e autoconfiança equilibrada. Uma enorme firmeza de vontade, completada com uma imensa sensibilidade e sentido de humor. A acrescentar a estas qualidades, adicionaria a  boa capacidade de assimilação, própria de uma personalide de caráter expansivo e sociável, a que não faltava o espírito de iniciativa e sentido pragmático.

Sem comentários: