05/02/09

Pintas do i e do j

As pintas do i e do j estão relacionadas com o estado anímico e emocional, com a precisão, com a auto-afirmação e com o sentido responsabilidade do escrevente.
A letra mais estreita de todas e o traço mais pequeno podem ter um grande significado. Aqui, como noutros domínios da acção e do saber, podemos dizer que é através dos pequenos gestos que se revelam as grandes personalidades.
  • A pinta colocada exactamente sobre as letras i e j significa precisão, exactidão, atenção, pontualidade e regularidade.
  • Colocada à frente é sinónimo de agilidade, extroversão, iniciativa, ambição, impulsividade, inconstância e impaciência.
  • Colocada atrás induz cautela, ponderação, introversão, reserva, ligação ao passado, prudência, desconfiança, timidez e tendência para adiar compromissos.
  • Colocada baixa indica pragmatismo, debilidade e falta de receptividade a questões espirituais.
  • Alta reporta para o sonho, o idealismo, o misticismo, a religiosidade e a utopia.
  • Quase colada à haste corresponde a agilidade, precisão, prática, poder de concentração e atenção aos detalhes.
  • Com forma circular está relacionada com excentricidade, imaginação, fantasia, sentido poético, infantilidade e pensamento mágico.
  • Com forma angular faz lembrar agressividade, tensão e ressentimento.
  • Ligada à letra seguinte expressa perspicácia, inteligência e agilidade.
  • Com fraca pressão exprime timidez, fraqueza e problemas de auto-afirmação.
  • Grossa e pesada indicia cansaço e ligeira depressão.
  • A ausência de pinta relaciona-se com descuido, imprecisão, excentricidade e falta de organização.

As pintas do i e do j em forma bolinha aparecem com alguma frequência nas pré-adolescentes, ao passo que nos adultos, especialmente nos do sexo masculino, são raras e, por isso, num e noutro casos têm uma interpretação diferente. Na menina pretende impressionar e chamar a atenção. No adulto reflecte imaturidade e fantasia.

4 comentários:

Anónimo disse...

Olá,
Sou professora e gostaria de saber se devemos incentivar os alunos a respeitar ambas as margens do caderno ou somente a esquerda? Por favor responda pois essa dúvida já provocou muita discussão entre os meus colegas.
Grata pela atenção.

Afonso Sousa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Afonso Sousa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Afonso Sousa disse...

Cara professora,
Suponho que é uma docente do 1º ciclo.
A questão que me coloca é pertinente e não pode ter uma simples resposta "sim" ou "não".
No padrão nacional do ensino da escrita é que deveria estar especificado o tamanho das margens. Todavia a tradição e a estética aconselham uma margem maior, com cerca de dois cm, do lado esquerdo e uma margem menor, com cerca de um cm, do lado direito.
O aluno, mais tarde, à medida que personaliza a sua escrita, irá ocupando a página (em cima, em baixo e dos lados)de acordo com a projecção da sua personalidade, revelando, a par doutras características, a tendência para a introversão ou extroversão.