28/07/08

Ordem

Escrita ordenada, com boa distribuição gráfica, de adulto, com formação superior
A escrita ordenada tem a ver com a clareza ou falta dela na organização da página, dos parágrafos, da pontuação, na presença ou não de manchas de tinta; e, ainda, com a disposição do texto na folha, o espaçamento entre linhas, entre palavras e entre letras, com as margens direita, esquerda, superior e inferior.
De um modo geral, a ordem fornece informações sobre a organização e clareza do pensamento do escrevente, sobre o seu sentido de ordem interna, a capacidade de organização e de planificação, o relacionamento com os outros, ...
As espécies da ordem, a seguir mencionados, devem ser sempre interpretados dentro dum determinado contexto positivo ou negativo e nunca isoladamente.
  • Uma escrita cuidada e ordenada pode ser sinal de ordem, precisão, atenção, clareza e capacidade de adaptação.
  • Uma escrita harmoniosa ou desigual metódica (termo de Moretti) pode significar intuição, originalidade, criatividade, imaginação, pensamento divergente e equilíbrio dinâmico.
  • Uma escrita clara, em que cada letra é legível individualmente, exprime clareza de espírito, simplicidade e transparência comportamental.
  • Uma escrita original pode ser sinal de intuição, de criatividade e de liberdade.
  • Uma escrita sóbria, proporcionada, simples, fluente, sem traços inúteis, pode indicar prudência, comedimento, bom senso, empenho, assimilação, adaptabilidade, simplicidade e maturidade.
  • Uma escrita artificial, bizarra ou complicada, pode expressar o desejo ou necessidade de chamar a atenção.
  • Uma escrita descuidada pode ser sinónimo de desleixo, superficialidade e cedência.
  • A escrita confusa, em que as letras se confundem com as da mesma linha ou com as das linhas próximas, pode ser sinal de fraca capacidade de discriminação de comportamentos, de confusão de ideias, de impulsividade e de inconstância.
  • Uma escrita ilegível pode exprimir precipitação, impaciência, improvisação, evasão às responsabilidades e pequeno professor (análise transaccional de Viñals e Puente).

O leitor poderá indo observando as características da sua escrita e vendo se algumas das tendências enunciadas lhe assentam bem.

Sem comentários: