21/08/08

Direcção da linha

Escrita com linhas descendentes, de aluno do 3º ano
A direcção da linha consiste numa dada orientação da linha de base da escrita e está relacionada com a estabilidade, conduta de acção, concretização da realidade, confiança em si mesmo e nos objectivos a alcançar, estado anímico, variações de ânimo e humor, cansaço, entusiasmo, flexibilidade, rigidez, fadiga, depressão.

A direcção divide-se nas seguintes espécies:
  • Ascendente é a linha que sobe desde início até ao fim. Pode indicar optimismo, ambição, extroversão, entusiasmo, autoconfiança, imaginação, iniciativa, impulsividade, insatisfação, euforia, excitação, nervosismo, desejo de fuga.
  • Descendente é a linha que desce desde o início até ao fim. Pode expressar pessimismo, tristeza, fadiga, desânimo, debilidade moral, cedência, renúncia sistemática, sentimento de fracasso, falta de energia e de motivação para se afirmar, indícios de depressão (na fig. linha descendente).
  • Convexa é a linha que sobe e volta a descer, formando um arco. Pode exprimir entusiasmo inicial, desânimo seguinte, instabilidade, carácter impaciente.
  • Côncava é linha que desce e volta a subir, formando um arco invertido. Pode designar desânimo inicial na acção e tentativa de recuperação, instabilidade.
  • Horizontal é a linha recta que termina à altura em que começou, ou seja, apresenta-se paralela à parte superior da folha. Pode significar estabilidade, actividade, autodomínio, constância, firmeza, ponderação, coerência, equilíbrio, empenho, pontualidade, atenção, capacidade psíquica, convencionalismo.
  • Escalada ascendente é tipo escada que sobe. Pode revelar impulsos persistentes mas travados, força de vontade, luta contínua contra o optimismo desmedido.
  • Escalada descendente é tipo escada que desce. Pode ser indicativo de luta contra a depressão.
  • Ondulada é semelhante a uma serpentina. Pode indicar flexibilidade, tacto, sensibilidade, diplomacia, sentido de humor, adaptabilidade, falta de estabilidade, astúcia.
  • Saltitante (scattante na escola morettiana), as letras parecem saltitar acima e abaixo da linha de base. Pode ser sinónimo de receptividade excessiva, actividade variada, sensibilidade artística, criatividade musical, impulsividade, vivacidade, plasticidade, descontrolo nervoso, agitação interna, irritabilidade.
Como é a sua letra? Nunca é demais recordar a importância do contexto e que o mesmo sinal pode ter significados opostos.

Sem comentários: