17/03/08

Campos de aplicação da Grafologia

Aquele que mais espera tudo da Grafologia é o que mais se engana. Os testes grafológicos são como outros testes projectivos não são só por si suficientes para nos fornecerem um perfil completo sobre o autor do escrito analisado. Há elementos que a análise dos textos não nos pode fornecer, como a idade e o sexo do escrevente. Além disso, o resultado dos testes grafológicos é inconclusivo, se não for confrontado com outros de inteligência, de personalidade, de sociabilidade. Como se trata duma ciência humana não exacta, é aconselhável a sua interdisciplinaridade com a Pedagogia, a Psicologia, a Medicina, a Sociologia e a Criminologia.
Porém, a Grafologia ou Psicologia da Escrita tem vasto leque de campos em que pode ser aplicada:
  • reeducação da escrita
  • detecção de problemas escolares (sinais de alarme)
  • autoconhecimento
  • diagnóstico da personalidade (perfil psicológico)
  • orientação profissional ou vocacional
  • selecção de pessoal
  • criminologia (identificação de documentos e assinaturas verdadeiros dos falsificados ou atribuição de autorias)
  • investigações histórica e artística
  • compatibilidade conjugal
  • idoneidade de sócios e inquilinos
  • contextualização, na área clínica, de determinandas doentes físicas ou mentais

Sem comentários: