15/10/08

Inclinação

Escrita muito inclinada para a direita, adulto, 66 anos

A inclinação refere-se ao ângulo formado entre o eixo das letras e a linha de base.
De um modo geral, a inclinação dá-nos indicações sobre o relacionamento com os outros e com o ambiente, sobre a capacidade de iniciativa, sobre a introversão e a extroversão. Lembro que as tendências expressas são tanto mais acentuadas quanto maior for a inclinação. As principais espécies são aqui referenciados.
  • Vertical, em que o eixo das letras se apresenta perpendicular à linha de base, pode exprimir equilíbrio, autocontrolo emocional, afectividade profunda, extroversão controlada, sentido de medida, autonomia, realismo, predomínio da razão sobre o sentimento, auto-conceito firme, objectividade, reserva, inflexibilidade, frieza, indiferença, Pai+Adulto (grafoanálise transaccional).
  • Inclinada para a direita, em que o eixo das letras faz um ângulo obtuso com a linha de base, pode significar actividade, extroversão, sociabilidade, espontaneidade, iniciativa, afabilidade, benignidade, simpatia, abertura em relação aos outros e ao meio, avanço para o futuro, sensualidade, acolhimento, benignidade, calor, impulsividade, actividade, luta, iniciativa, ambição, falta de ponderação, parcialidade, necessidade de contacto.
  • Inclinação para a esquerda, em que o eixo das letras faz um ângulo agudo com a linha de base, pode ser sinónimo de prudência, introversão, esforço, empenho, menor sociabilidade, recuo para o passado, necessidade de afecto, tensão, estranheza, desconfiança, vontade de autocontrolo, frieza afectiva, reflexão, defesa, pouca influenciabilidade, espírito de oposição, crítica sistemática, refúgio na fantasia, inibição, egoísmo, inadaptação, fingimento, mentira, Criança Adaptada Rebelde (grafoanálise transaccional).
  • Variável, em que o eixo das letras umas vezes se mantém na vertical, outras se inclina para a esquerda ou para a direita, pode indicar inconstância, instabilidade, variações de humor, indecisão, desorientação, conflitos com o meio e com os outros, dificuldade de adaptar-se a novas situações, rigidez mental, inflexibilidade, dogmatismo, normatividade, rigor, tensão, falta de controlo, tendências contraditórias e ambivalentes, aplicação rígida de normas, dificuldade em tomar decisões no campo emocional, dupla personalidade (ora doce, meiga, generosa, ora desagradável e sem contemplações), pequeno professor (grafoanálise transaccional).
  • Hesitante, com oscilações da inclinação dentro da mesma palavra, (tentennante, de G. Moretti), pode revelar dificuldade de percepção e de identificação, desorientação, ambivalência, prudência, cautela, indecisão, procura de objectividade, insegurança subjectiva, instabilidade, ansiedade.
  • Sinuosa, quando a oscilação do eixo é suave (sinuosa, de G. Moretti) pode ser sintoma de adaptabilidade, disponibilidade, capacidade de compreensão, equilíbrio, intuição, elasticidade e harmonia em relação aos vectores do passado e do futuro, astúcia, oportunismo.
  • Inclinação rígida, seja para trás, seja para a frente, pode manifestar autocontrolo emotivo, dogmatismo, tensão, inflexibilidade, rigidez.

Qual é a inclinação da sua letra? Como pôde ver uma inclinação diferente corresponde a características diversas do indivíduo. É mais uma peça para ajudar a construir o puzzle da personalidade do escrevente. Outras peças se seguirão.

Sem comentários: